Já pensou em trabalhar para o exterior como DevOps?

Confira nosso guia abaixo para descobrir se você é um match para oportunidades de trabalho em empresas internacionais.

Empresas estrangeiras estão buscando ativamente profissionais de DevOps e SREs para aprimorar suas entregas de software, implantações e confiabilidade. A crescente demanda por esses especialistas na América Latina é evidente devido não apenas aos custos mais acessíveis, mas também à excelência em talento e habilidades técnicas. A combinação de expertise e eficiência desses profissionais torna-os uma escolha valiosa para organizações que buscam otimizar suas operações de TI e alcançar níveis mais elevados de desempenho.

Explorar oportunidades profissionais em empresas estrangeiras pode ser uma jogada estratégica para os talentosos profissionais de DevOps e SRE. Você já se questionou sobre o quão atrativo é seu perfil para recrutadores internacionais? Neste guia, vamos mergulhar nas habilidades essenciais necessárias para destacar-se nesse cenário global. Descubra como moldar sua carreira para se tornar um profissional atrativo aos olhos de recrutadores estrangeiros.

Quais Habilidades Técnicas Empresas Estrangeiras Buscam em Especialistas de DevOps e SREs?

#1 Scripting e Codificação

Proficiência em scripting e codificação é essencial para automatizar a implantação e garantir confiabilidade. Isso permite que Engenheiros de DevOps e SREs criem scripts para automação e eficiência de implantação.

Empresas buscam candidatos que conseguem demonstrar suas habilidades por meio de avaliações de codificação, criando scripts para tarefas comuns e demonstrando seu impacto na implantação e confiabilidade.

#2 Conteinerização

Habilidades em tecnologias de conteinerização como Docker e Kubernetes são vitais para a implantação eficiente de aplicações e escalabilidade. Contêineres simplificam processos de implantação, garantindo consistência e confiabilidade do sistema.

Como candidato de um processo seletivo no exterior, você pode fornecer exemplos de projetos nos quais utilizarou a conteinerização para aprimorar a implantação e confiabilidade.

#3 Integração Contínua/Entrega Contínua e/ou Implantação Contínua (CI/CD)

Experiência na configuração de pipelines CI/CD automatiza a entrega de software, incluindo testes de confiabilidade. Isso garante que o código seja construído, testado e implantado consistentemente, melhorando a confiabilidade do sistema.

Como candidato em processos seletivos, demonstre sua experiência na configuração e otimização de pipelines CI/CD e seu papel no aprimoramento da confiabilidade.

#4 Serviços de Cloud

Conhecimento de plataformas de nuvem como AWS, Azure ou Google Cloud facilita a infraestrutura escalável e mantém alta confiabilidade. Serviços de cloud também são vitais para a escalabilidade.

Em um processo seletivo fora do país, demonstre ao máximo sua experiência e prática com plataformas de cloud, especialmente sua relação com a manutenção da confiabilidade.

#5 Gerenciamento de Configuração

Domínio de ferramentas como Puppet, Chef, Ansible e Terraform é essencial para manter configurações de servidores e confiabilidade do sistema. O gerenciamento de configuração garante consistência.

Deixe claro para um ou uma hiring manager do exterior a sua experiência no uso dessas ferramentas para aprimorar a confiabilidade e automatizar o gerenciamento de configuração.

#6 Monitoramento e Registro em Log

Configurar sistemas de monitoramento e registro em log é crucial para garantir alta confiabilidade, rastrear desempenho e solucionar problemas proativamente. O monitoramento contribui para a detecção precoce de problemas.

Em suas entrevistas, fale sobre sua experiência na implementação de sistemas de monitoramento e registro e seu impacto na confiabilidade de forma geral.

#7 Conhecimento em Segurança

Compreender práticas e ferramentas de segurança é essencial para garantir implantações de software seguras e confiabilidade do sistema. Violações de segurança podem levar a tempo de inatividade do sistema.

Converse sobre práticas de segurança e como você contribuiu para manter a confiabilidade.

#8 Engenharia de Confiabilidade

Expertise em princípios e práticas de engenharia de confiabilidade é essencial e envolve estratégias proativas para minimizar o tempo de inatividade.

Em seu processo, fale sobre a experiência sua experiência em projetos de engenharia de confiabilidade e seu papel em mantê-la.

Quais Soft-Skills Preciso Dominar como DevOps e SRE para Trabalhar para Fora do País?

#1 Colaboração

Colaboração efetiva com desenvolvedores, testers, outros membros da equipe e SREs garante processos simplificados, promove a confiabilidade e contribui para o sucesso de projetos de software. 

Comunique seu domínio dessa skill falando sobre suas experiências passadas trabalhando em equipes multifuncionais, colaboração bem-sucedida em projetos complexos ou sua capacidade de comunicar e compartilhar créditos por realizações com outros membros da equipe.

#2 Resolução de Problemas

Habilidades sólidas de resolução de problemas permitem que Engenheiros de DevOps e SREs enfrentem desafios de implantação, otimizem processos e mantenham a confiabilidade do sistema em projetos de software complexos. 

Isso pode ser identificado por meio de entrevistas comportamentais que apresentam aos candidatos cenários e desafios do mundo real relacionados a projetos de software. Sua abordagem para resolver esses desafios e sua capacidade de pensar de maneira crítica e criativa são indicativos de suas habilidades de resolução de problemas.

#3 Comunicação

Habilidades excelentes de comunicação são extremamente importantes para facilitar a transparência e a colaboração entre equipes, o que é vital para a confiabilidade de projetos de software. Durante entrevistas, procure articular conceitos técnicos complexos de forma clara e concisa. Sua capacidade de ouvir ativamente e fornecer feedback também é um indicador chave de suas habilidades de comunicação.

#4 Adaptabilidade

Estar aberto a novas ferramentas, tecnologias e práticas de engenharia de confiabilidade é essencial para acompanhar os projetos de software em constante evolução e os desafios no campo de DevOps e SREs. 

Demonstre sua disposição para aprender e aplicar novas ferramentas e tecnologias, especialmente em domínios desconhecidos ou projetos de software em evolução. Sua capacidade de abraçar a mudança e demonstrar flexibilidade é um sinal claro de adaptabilidade.

#5 Gerenciamento de Tempo

O gerenciamento eficaz do tempo é necessário para cumprir prazos de projeto, gerenciar várias tarefas e garantir que a confiabilidade do sistema permaneça consistente ao longo de projetos de software. 

Pontue seu histórico em relação ao cumprimento de prazos de projeto, gerenciamento de várias tarefas simultaneamente e entrega consistente de resultados no prazo, o que é vital para projetos de software bem-sucedidos.

Trabalhando Remoto Para o Exterior com TI: Como Empresas Norte-Americanas Contratam Engenheiros de DevOps e SREs Excepcionais

A contratação de Engenheiros de DevOps e Engenheiros de Confiabilidade de Sites (SREs) começa com uma compreensão abrangente das necessidades da empresa no que diz respeito ao desenvolvimento de software e confiabilidade.

Avaliação de Candidatos

Para avaliar os candidatos, hiring managers focam em suas habilidades técnicas, experiência e alinhamento com os objetivos e necessidades do seu projeto.

Avaliação de Portfólios

A liderança também analisa os portfólios de candidatos para avaliar a experiência na configuração de pipelines CI/CD, gerenciamento de infraestrutura em cloud, automação de processos de implantação e aprimoramento da confiabilidade do sistema.

Análise de Currículos – Experiência e Especialização

Tech leads e outros managers consideram seus anos de experiência em DevOps e/ou SRE, a complexidade dos projetos que gerenciaram e sua proficiência em ferramentas, tecnologias e princípios de engenharia de confiabilidade relevantes.

Sessão de Entrevista de Add Cultural

Pode ser que em seu processo seletivo haja uma etapa de avaliação de suas soft-skills como colaboração, já que Engenheiros de DevOps e SREs trabalham de perto com diversas equipes no processo de desenvolvimento de software e confiabilidade.

  • Nesta etapa, comunique bem sua abordagem para resolução de problemas, especialmente ao enfrentar desafios de implantação e garantir a confiabilidade do sistema.
  • Suas habilidades de comunicação também serão avaliadas, pois são essenciais para facilitar a transparência, colaboração entre equipes e confiabilidade.
  • Demonstre sua abertura para se adaptar a novas ferramentas, tecnologias e práticas de engenharia de confiabilidade no dinâmico campo de DevOps e Engenharia de SREs.
  • Fale sobre suas habilidades de gerenciamento de tempo, já que Engenheiros de DevOps e SREs frequentemente lidam com várias tarefas, prazos de projeto e objetivos de confiabilidade do sistema.

Painel de Entrevistas Técnicas

Nesta etapa, é comum responder a perguntas sobre sua experiência no design e implementação de pipelines CI/CD para entrega eficiente de software e confiabilidade do sistema.

  • Demonstre seu o conhecimento em gerenciamento de serviços de cloud para infraestrutura escalável e alta confiabilidade do sistema.
  • Fale sobre suas especializações em ferramentas de gerenciamento de configuração, como Puppet, Chef, Ansible, Terraform, e seu impacto na confiabilidade.
  • Discuta sua capacidade de configurar sistemas de monitoramento e registros para garantir alta confiabilidade, rastrear desempenho e solucionar problemas.
  • Demonstre sua compreensão de práticas e ferramentas de segurança para garantir implantações seguras de software e manter a confiabilidade.

Ao seguir esses passos e considerar esses aspectos, você pode demonstrar para Tech Leads e hiring managers que está alinhado com as necessidades específicas dos projetos da empresa em termos de desenvolvimento e confiabilidade, possuindo as habilidades e qualidades necessárias para a entrega eficiente de software, confiabilidade e compartilhando o compromisso com a excelência em software.

Além disso, você aumenta muito suas chances de ser contratado por uma empresa do exterior.

Como a Ubiminds te Ajuda a Conseguir um Emprego para Trabalhar com TI para o Exterior?

A Ubiminds está comprometida em ajudar profissionais de DevOps ou SRE a conquistarem a oportunidade ideal no exterior. Com uma abordagem personalizada e um grande portfólio parceiros globais, oferecemos suporte desde a identificação das vagas mais adequadas ao seu perfil até a preparação para entrevistas e testes até a transição para o novo ambiente de trabalho.

Nossa equipe especializada compreende as nuances do mercado internacional, facilitando a busca por oportunidades que alinhem perfeitamente com suas habilidades e aspirações profissionais. Conte conosco para impulsionar sua carreira no cenário global de tecnologia!

Preencha esse formulário para bater um papo com o nosso time.

 

FAQ

Qual a diferença entre DevOps e SREs?

Engenheiros de DevOps e Engenheiros de Confiabilidade de Sistemas (SREs) contribuem significativamente para o desenvolvimento de software e confiabilidade do sistema, mas seu foco e aplicabilidade podem variar de acordo com o nível de maturidade da empresa.

Engenheiros de DevOps: Sua principal colaboração é com equipes de desenvolvimento e teste, automatizando tarefas e gerenciando o pipeline CI/CD. Eles se concentram principalmente na otimização e simplificação do processo de desenvolvimento de software.

Engenheiros de DevOps garantem uma implantação eficiente de código, teste e integração contínua, sendo adequados para empresas em qualquer nível de maturidade.

Engenheiros de Confiabilidade de Sistemas (SREs): Eles monitoram ativamente o ambiente de produção, gerenciam incidentes e são responsáveis pela confiabilidade do sistema. Por esse motivo, SREs são mais adequados para empresas com um ambiente de software maduro e ênfase em alta confiabilidade e tempo de atividade. Eles colaboram com equipes de desenvolvimento e operações para aprimorar a confiabilidade do sistema por meio de automação e estratégias proativas.

Juntos, Engenheiros de DevOps e SREs são os mestres da entrega de software simplificada e da melhoria da confiabilidade do sistema. Esses engenheiros são desenvolvedores interessados em operações de implantação e rede ou sysadmins que têm paixão por script e programação, migrando para o lado do desenvolvimento, onde podem aprimorar o planejamento de testes e implantação.

Quanto ganha um DevOps?

Os salários para profissionais de DevOps e Engenheiros de Confiabilidade de Sistemas (SRE) no Brasil podem variar significativamente com base na experiência, localização geográfica e tamanho da empresa. Em média, um profissional de DevOps pode receber salários que variam de R$ 6.000 a R$ 15.000 por mês, dependendo do nível de expertise e da região do país. Já para Engenheiros de Confiabilidade de Sistemas (SRE), os salários tendem a ser um pouco mais elevados, geralmente variando de R$ 7.000 a R$ 18.000 por mês. É importante ressaltar que esses valores são médias aproximadas, e profissionais mais experientes ou em empresas de grande porte podem receber salários mais altos.

Qual linguagem de programação tem a maior demanda no exterior?

As linguagens de programação com maior demanda são:

  • Python
  • JavaScript
  • SQL
  • Java
  • CSS

Qual linguagem de programação oferece mais oportunidades de emprego?

Python, JavaScript, SQL, Java e CSS estão entre as cinco linguagens de programação com as maiores oportunidades de emprego. Nos próximos anos, é esperado que essas linguagens estejam em alta demanda. Todas essas linguagens são versáteis e podem ser aplicadas em uma ampla gama de aplicações.

Weekly Newsletter

Receba nossas publicações semanalmente em seu e-mail.
Não se preocupe, cuidamos bem do seus dados e não compartilhamos a terceiros.